Escolas Secundárias Alternativas

Escolas Secundárias Tecnológicas e Agrícolas de NA’AMAT

A rede de escolas alternativas visa atrair aqueles alunos que fracassaram nas escolas tradicionais por causa de problemas familiares ou de comportamento. Essas escolas oferecem classes pequenas, atenção individual, corpo docente experiente e uma atmosfera familiar. Devido a esses fatores a maioria dos alunos segue adiante, tornando-se membros produtivos da sociedade.

A rede é formada por 20 Escolas Secundárias Tecnológicas, sendo 10 no setor árabe, e 2 Escolas Agrícolas com internato. Mais de 3.500 alunos frequentam essas escolas.

Escolas Secundárias Tecnológicas

As escolas secundárias tecnológicas com duração de 4 anos de NA’AMAT estão distribuídas por todo o estado de Israel. Elas têm por objetivo preparar alunos em situação de risco para que se tornem membros produtivos da sociedade através dos exames de suficiência, do serviço militar ou de carreiras.

Os alunos apresentam uma vasta gama de problemas para enfrentar. Alguns sofreram abusos ou negligência, outros vêm de lares uniparentais, enquanto que alguns outros vêm de lares em que os pais são alcoólatras ou usuários de drogas. A maioria vem de famílias de baixa renda nas quais os pais têm baixo nível de instrução. Poucos vêm de “lares bons”. No entanto, nenhum deles se adaptou em uma escola regular onde as classes são grandes e as necessidades individuais podem não ser adequadamente abordadas.

Entre os cursos oferecidos encontramos comunicação, fotografia, computação gráfica, administração, design de moda, educação da primeira infância e cabeleireiros. Os temas acadêmicos como matemática e ciências são ensinados em todas as escolas. As escolas também estimulam valores e encorajam bons hábitos de trabalho.

Escolas Agrícolas

NA’AMAT mantém duas Escolas Secundárias Agrícolas Beba Idelson, conhecidas como Kanot e Ayanot. As duas são escolas mistas, de 4 anos de duração, cujo foco está em atender aqueles alunos que não conseguem acompanhar as classes das escolas regulares por causa de dificuldades de aprendizado, problemas de comportamento ou dificuldades familiares.

Além desses alunos, estudantes de escolas secundárias dos Estados Unidos, Brasil e outros países, assim como israelenses interessados em agricultura frequentam essas escolas.

Todos os alunos desfrutam de um ambiente acolhedor que inclui programas especiais e ajuda extra para aqueles que a necessitam.

Os alunos das escolas agrícolas moram em dormitórios confortáveis onde são supervisionados em uma atmosfera informal e familiar. As manhãs são ocupadas pelos estudos acadêmicos nas classes. Durante a tarde os alunos adquirem experiência prática em temas tais como criação de animais e botânica. Em Kanot, um novo programa de veterinária prepara os alunos para a admissão na Escola de Veterinária da Universidade Hebraica.

Kanot tem também um Centro Equestre que oferece aulas de alimentação de cavalos, equitação, manutenção dos equipamentos e conhecimento das regras para os eventos nas pistas de corridas. Através dessas atividades os alunos desenvolvem espírito esportivo e autocontrole.

Os alunos também recebem aulas de computação e aprendem a usar softwares sofisticados. Todos os alunos são preparados para o bagrut (que é um exame semelhante ao ENEM do Brasil) e para o exame de conclusão que é um pré-requisito para a admissão em institutos de ensino superior em Israel.